Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

sexta-feira, 22 de abril de 2011

O que é Índice Glicêmico? O que é Carga Glicêmica?

Após a estreia do Blog na semana passada, muitas pessoas me enviaram comentários querendo entender melhor duas coisas:  O que é Índice Glicêmico? O que é Carga Glicêmica?

O Índice Glicêmico (IG) mostra de forma numérica a velocidade como os carboidratos contidos nos alimentos são absorvidos em nossa corrente sanguínea após seu consumo (isso tem a ver com a complexidade do carboidrato). Para carboidratos absorvidos de forma mais rápida (baixa complexidade) são atribuídos números mais altos, assim como carboidratos de absorção lenta (alta complexidade), ficam com números menores.

Só para exemplificar: o IG de uma maçã é 52 e o IG de uma banana é 83. Então, os carboidratos contidos em uma banana são absorvidos mais rapidamente que os de uma maçã (pois tem complexidade inferior). Mas por que isso é importante? 

Quando comemos carboidratos, nossa glicemia (açucar no sangue) sobe, liberando um hormônio chamado Insulina. Ela é responsável por retirar este excesso de carboidratos fazendo nossa glicemia voltar ao normal. Quanto mais altas as quantidades de Insulina no sangue, mais rapidamente sentiremos fome. Entendeu? Ela reage na proporção da complexidade dos carboidratos contidos nos alimentos. Então, fazendo a opção por alimentos que tenham IG menor (alimentos integrais são um bom exemplo), você retardará sua fome e estará comendo menos calorias! Mas se ao invés disto, resolver comer aquele pedaço de torta de chocolate deliciosa no lanche, em alguns minutos estará com fome (isso é o que chamamos de calorias vazias), precisando comer mais uma vez.

Já a Carga Glicêmica (CG) leva em consideração o IG de cada alimento, mas também a quantidade de carboidrato em gramas contido em cada porção. 

Exemplificando mais uma vez: O IG de uma melancia é 72 (72 é considerado um IG elevado), mas a quantidade de carboidratos por porção é muito pequena (120g = 6g de carboidratos). Assim, ela até é absorvida de forma muito rápida, mas a quantidade de carboidratos em cada porção é muito pequena e não provocará grandes oscilações de insulina. Percebeu a diferença? Aqui além da complexidade dos carboidratos, também é levado em consideração a quantidade deles.

Ao iniciar suas refeições a partir de agora, pense na quantidade de carboidratos que está consumindo, mas não esqueça nunca da complexidade deles. Fazendo isso sua dieta será muito mais inteligente!

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida