Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

terça-feira, 2 de agosto de 2011

SUPLEMENTO DO MÊS: Creatina

Por Anderson Brandão

No dia 27 de Abril de 2010, a ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária liberou a substância Creatina para consumo de atletas no Brasil. Utilizada por atletas e praticante de atividades física no mundo todo, ela vem provocando um grande alvoroço nas academias de ginástica brasileiras. Mas por que isso está acontecendo? O que é exatamente a Creatina? E para que ela serve?

A creatina é uma substância natural encontrada na carne vermelha e no peixe, e que também pode ser consumida na forma de suplementos em pó e em xarope. Ela é o resultado de três aminoácidos: Arginina, Metionina e Glicina. Ela exerce importante papel na contração muscular, fornecendo o fosfato para que o ciclo do ATP, responsável pela produção de energia em nosso corpo, possa se manter por mais tempo. É como um combustível que fica armazenado em nossas células, pronto para ser usado quando necessário. Ela atua como “energia extra”, ajudando a recuperação e a contração muscular.

A grande procura pela Creatina se deve aos seus benefícios. Evidências demonstram que o consumo de 3 a 30 gramas por dia, 3 a 7 dias por semana, provoca o aumento da massa muscular magra e da força, a redução do percentual de gordura e até mesmo, a melhora do desempenho de corredores (melhora a intensidade do treinamento).

Não estou dizendo com isso que todos deveriam utilizar, mas que as evidências de resultados superam as possíveis contra indicações. Existem relatos científicos de desordens renais, aumento da pressão arterial e de ganho de peso negativo. Mas quando os estudos foram confrontados, não houve conclusão alguma (só estou citando isso para ser justo). Muitos especialistas acreditam que a Creatina não tem prejuízos a saúde. Eu particularmente também não!

Minha recomendação é realizar o uso da Creatina com orientação de um especialista (preferencialmente um nutricionista), ter certeza de seu quadro de saúde no início da suplementação (você pode realizar alguns exames laboratoriais para controle) e utilizar a substância em ciclos (durante uma fase específica do treinamento).

Ainda sobre este assunto, o Brasil foi o último país no mundo a liberar o uso da Creatina por atletas e ainda não o fez para não atletas (ao menos é a recomendação da ANVISA). Em todos os outros países, a substância está liberada para compra e consumo de atletas e não atletas. Por que será?

Você pode consultar este link é ler também a matéria publicada G1 sobre o assunto: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/04/anvisa-libera-uso-de-suplementos-de-creatina-e-de-cafeina-para-atletas.html

Um comentário:

francescajobim disse...

Interessante, não sabia nada sobre a Creatina... acho que a ANVISA é lenta msm, ou então deve estar c algum interesse político...
Mas me tira uma dúvida, a pessoa que consome a Creatina em seu dia-a-dia fica necessariamente musculosa, ou somente com a musculatura melhor?
Um abraço!! Fran

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida