Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

TPM: Treinamento para mulheres - segunda parte


Por Anderson Brandão

Mulheres são diferentes dos homens;

Mulheres = Hormônio Estrogênio, menor metabolismo energético basal, densidade óssea mais leve, maior quantidade de gordura corporal, menor quantidade de massa muscular, menor capacidade aeróbica, menor capacidade de gerar trabalho (força), maior tolerância à dor, menstruação, Menopausa.

Homens = Hormônio Testosterona, maior metabolismo energético basal, densidade óssea mais pesada, menor quantidade de gordura corporal, maior quantidade de massa muscular, maior capacidade aeróbica, maior capacidade de gerar trabalho (força), menor tolerância à dor, ausência de menstruação, Andropausa.

Característica diferente sim, treinamento físico diferente não;

Observando as principais características físicas de homens e mulheres é possível chegar a seguinte conclusão: Eles são “muito” diferentes. Mas isso não significa que seus treinos devam ser igualmente “muito” diferentes. Essencialmente os treinos podem e em minha opinião devem ser iguais, preservando apenas as características individuais das pessoas que os executam (idade, nível de condicionamento físico, existência ou não de patologias, tabagismo, dentre outras) independentemente de seu sexo.

Treinamento igual, resultados parecidos;

Mas treinar igual não significa que os resultados serão os mesmos. Isto se deve principalmente à quantidade do hormônio Testosterona presente no organismo das mulheres que quando comparado aos dos homens é insignificante. Logo, o treino aplicado a um grupo de mulheres trará os mesmos resultados que o mesmo treino aplicado a um grupo de homens com importâncias diferentes. Para elucidar melhor: se o objetivo do treino for o aumento da massa muscular magra (musculação, por exemplo) e o treino aplicado igual para mulheres e homens, ambos aumentarão a massa muscular. Entretanto, as mulheres irão ter um resultado menor por causa da ausência do hormônio citado.

Mulheres conseguem resultados de mulheres;

Por causa das diferenças citadas no primeiro parágrafo, em situações naturais, mulheres que se exercitam regularmente não ficam com características físicas de homens (falta Testosterona). Por este motivo não há necessidade de deixar de realizar qualquer tipo de exercício, de qualquer modalidade de treino ou ainda treinar somente membros inferiores e nunca os membros superiores (muito comum na musculação, só para exemplificar).

A explicação para este último fato é bem simples: como não é comum entre mulheres realizar um volume muito grande de exercícios para membros superiores, quando o fazem, conseguem um aumento natural das fibras musculares desta região (os braços ficam mais fortes) e isso destoa da média conseguida pela maior parte das que não fazem exercícios para membros superiores. Como comentei antes, os resultados são parecidos.

Mulheres que conseguem resultados de homens;

Mulheres conseguem resultado melhores que homens, quando estão mais treinadas que eles. Vejo isso acontecer em provas de corrida de rua todos os finais de semana e todos os dias na sala de musculação que trabalho. Mas correr melhor ou levantar mais peso que um homem, significa parecer com um?

Vez por outra, vejo mulheres que se parecem com homens. São exageradamente musculosas, fortes, tem pouquíssima gordura corporal (sem celulite, sem gorduras localizadas), nenhuma feminilidade e conseguem resultados iguais aos deles (as vezes resultados melhores). Enfim, semelhantes em características e em resultados. E então me pergunto: Por que isso acontece?

Isso acontece, porque vez por outra, algumas mulheres resolvem ter resultados acima da média em um curto espaço de tempo (verão, carnaval, casamento, televisão). E assim, recorrem não somente ao treinamento físico e uma dieta organizada (com ou sem suplementos), mas também aos famosos esteroides anabolizantes, que infelizmente, são muito comuns hoje.

TPM: Treinamento para mulheres – terceira parte

Um comentário:

vinicius disse...

Na minha opnião muitas mulheres realmente não buscam o fortaleciimento da região dos membros superiores, por acharem que irão ficar fortes em demasia, como alguns exemplos que surgiram na mídia há algum tempo atrásem modelos que estavam aparecendo em capas de revista, não sendo necessário citar nomes.

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida