Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Ingestão de nutrientes antes, durante e após o exercício.

Por Dr. José Alexandre T. Carvalho

1 - Antes do exercício: o objetivo é fornecer nutrientes ricos em glicose para melhor realização do exercício, otimizar o fluxo sanguíneo e resposta hormonal para a musculatura em uso e iniciar o processo de recuperação para o próximo treinamento. Consuma alimentos de fácil digestão e com quantidades razoáveis de glicose (exemplo: frutas frescas, frutas desidratadas, barra de cereal). Evite alimentos de alto índice glicêmico e difícil digestão como chocolates e derivados de leite e leite condensado. Evite refeições pesadas (hiperproteica, hipergordurosa e muito volumosa) até 3 horas antes do início do exercício. Se a sua digestão for lenta esse tempo deve ser aumentado.

2 - Durante o exercício: o objetivo é repor nutrientes ricos em glicose e sais minerais que são perdidos durante o exercício além de iniciar o processo de recuperação celular. Essa reposição varia em função da temperatura ambiente, umidade, tipo, duração e intensidade de exercício. Devido a inúmeras variáveis que interferem na reposição de nutrientes, não há como generalizar uma prescrição dietética. Tal procedimento deve ser feito individualmente. São utilizadas frutas, repositor energético em forma de gel e sucos para a reposição. Não consuma alimentos como chocolates, biscoitos, pães, leites e derivados.

3 - Após o exercício: o objetivo é continuar a recuperação do organismo e preparação para a próxima sessão de exercício evitando lesões musculares. Essa etapa é fundamental e não deve ser ignorada nem por uma pessoa em processo de perda de peso. Na primeira hora após o exercício a musculatura utilizada está muito receptiva ao alimento, principalmente para a reposição do glicogênio muscular (que é o principal combustível da célula muscular). Dê preferência a refeições completas (café da manhã, lanches, almoço ou jantar). Evite beliscar ou apenas comer frutas ou barras de cereal. Lembre que o nosso corpo funciona de maneira ordenada e em cadeia, logo é fundamental um adequado aporte nutricional para que ele possa trabalhar de maneira eficaz. O jejum antes, durante e após o exercício causa prejuízos incalculáveis e imperceptíveis (em curto prazo) ao nosso organismo.

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida