Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

sábado, 27 de outubro de 2012

Cérebro “obeso” pode frustrar tentativa de emagrecer


por Marina Teles

Estudo realizado em modelos animais mostra que uma dieta rica em gorduras e açúcar refinado altera estruturas cerebrais que, por sua vez, levam ao exagero do consumo destes alimentos.

“É um ciclo vicioso que pode explicar porque a obesidade é tão difícil de ser contornada”, diz Terry Davidson, autor do estudo publicado no periódico Physiology & Behavior.

Obesidade e memória

O estudo teve foco sobre o hipocampo – parte do cérebro responsável pela memória e aprendizado. Os ratos foram treinados para um teste de habilidades de memória e, em seguida, divididos em dois grupos: um que teria acesso livre para uma ração rica em gordura saturada e outro grupo que consumiu uma ração restrita de baixo teor de gordura.

Quando ambos os grupos tiveram de refazer o teste, os ratos que se tornaram obesos apresentaram mais dificuldades para realizar a tarefa do que os ratos com peso considerado saudável. A equipe examinou então as barreiras sanguíneas do cérebro – ou barreira hematoencefálica, uma rede de de vasos sanguíneos que protegem o cérebro – injetando um corante na corrente sanguínea dos animais. Nos ratos obesos, uma quantidade grande corante atravessou livremente esta barreira, o que não aconteceu nos ratos de peso saudável, mostrando que nos ratos obesos estas barreiras foram comprometidas.

Círculo vicioso

Davidson explica que o hipocampo é também responsável pela supressão de memórias. Sendo assim, se estes resultados fossem aplicados às pessoas, isso explicaria porque uma pessoa obesa não consegue consumir o que seria considerado uma porção razoável – a dieta rica em gordura saturada e açúcar refinado afetaria a capacidade do hipocampo de suprimir pensamentos sobre estes alimentos, fazendo com que a pessoa consuma-os exageradamente.

“O que eu acho que está acontecendo é um ciclo vicioso de obesidade e declínio cognitivo”, diz. “A idéia é, você consome uma dieta de alta caloria e isso faz com que você coma demais, pois este sistema inibitório é afetado progressivamente. E, infelizmente, isto afeta também outros tipos de interferência do pensamento.”

Os resultados deste estudo são compatíveis com outros que encontraram uma ligação entre a obesidade humana na meia idade e uma maior probabilidade para desenvolver a doença de Alzheimer e outras demências cognitivas anos mais tarde.

“Estamos tentando descobrir onde está esta relação. Temos evidências de que o consumo excessivo de uma dieta rica em gordura afeta ou altera a barreira hematoencefálica”, diz. Segundo Davidson, estudos futuros devem ter foco nas substâncias que não deveriam estar chegando ao cérebro e, por causa deste “defeito” estão começando a chegar. “Você começa a jogar coisas no cérebro que não pertencem a ele e faz sentido que as funções cerebrais sejam afetadas”, finaliza.

Fonte: O que eu tenho?

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida