Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Pesquisadores descobriram que exercícios aumentam a satisfação com a vida


Teve um dia ruim? Aumentar sua rotina normal de exercícios em alguns minutos pode ser a solução! De acordo com pesquisadores da Penn State, as pessoas ficavam mais satisfeitas com a vida nos dias que faziam mais exercícios que o normal.

“Nós descobrimos que a satisfação das pessoas com a vida, sofre impacto direto com o aumento do volume de suas atividades físicas”, disse Jaclyn Maher. “As descobertas reafirmam a ideia de que a atividade física é um hábito saudável com importantes consequências para o bem estar diário e que deve ser levada em conta no desenvolvimento de políticas nacionais para aumentar a satisfação com a vida”.

O grupo em que foi examinada a influência da atividade física na satisfação com a vida era de jovens adultos com idades entre 18 e 25 anos porque o senso de bem-estar dessa faixa etária parece piorar mais rapidamente do que em qualquer outro momento na vida.

“Os jovens adultos passam por várias mudanças: estão saindo de casa pela primeira vez e começando na faculdade ou no trabalho”, disse Maher.  “Como resultado, a satisfação deles com a vida pode despencar. Nós decidimos focar nos jovens adultos porque eles se beneficiam mais com as estratégias para aumentar a satisfação com a vida”.

Os pesquisadores recrutaram dois  grupos de universitários da Penn State. O primeiro grupo, formado por 190 pessoas. O segundo grupo, formado por 63 pessoas, enviavam informações diárias durante 14 dias para um website seguro. Os dois grupos responderam perguntas para determinar a satisfação deles com suas vidas, atividades físicas e autoestima. As personalidades de todos os participantes no primeiro grupo foram avaliadas no início do estudo, usando um pequeno formulário do ‘Big Five Inventory’.

Para o segundo grupo (as 63 pessoas que preencheram os formulários online por 14 dias), os pesquisadores queriam investigar se a atividade física era de fato, a causa dos participantes terem aumentado a satisfação deles com suas vidas, em vez de algum outro fator, como saúde mental, fadiga, ou índice de massa corporal.

“Mudanças do tipo depressão, ansiedade e estresse são influências esperadas na satisfação da pessoa com sua vida em qualquer momento”, afirma David Conroy, professor de ‘cinesiologia’. “Além disso, a fadiga pode ser uma barreira para fazer atividade física, e o IMC alto associado com sobrepeso pode causar uma menor satisfação de várias maneiras”.

Ao controlar essas variáveis, os pesquisadores foram capazes de determinar qual a quantidade de atividade física feita num determinado dia influencia diretamente na satisfação com vida. Especificamente, o grupo descobriu que se exercitando um pouco mais do que o normal, a pessoa pode aumentar significativamente sua satisfação com a vida.

Os resultados foram publicados essa semana no periódico Health Psychology.

“Baseado nessas descobertas, nós recomendamos que as pessoas se exercitem um pouco mais ou com um pouco mais de intensidade do que o normal, com a finalidade de aumentar sua satisfação com a vida” diz Conroy.

Fonte: Science Daily

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida