Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Exercício aumenta longevidade


Pesquisa realizada em Harvard indica que atividades de lazer fazem crescer a expectativa de vida

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Harvard e do Instituto Nacional de Saúde (NIH) dos Estados Unidos publicou, nesta terça-feira (6 de novembro), diz que praticar qualquer atividade física, em momentos de folga, aumenta a expectativa de vida em até sete anos, independente do peso da pessoa. A informação foi publicada na revista PLoS Medicine e mostra que caminhar no parque, passear de bicicleta e praticar algum esporte amador contribuem para uma maior expectativa de vida, indiferente da intensidade do exercício ou do peso do indivíduo.



Foram analisadas 654.827 pessoas entre 21 e 90 anos, sendo a maioria acima dos 40 anos de idade. Os resultados demonstram que atividades de lazer como caminhada rápida aumenta a longevidade em 1,8 ano (75 minutos por semana), 3,4 anos (150 minutos por semana) ou 4,5 anos (450 minutos por semana). Os profissionais ainda revelaram que aqueles que têm peso normal e praticam 150 minutos do exercício, em comparação com ter IMC maior do que 35 e ser sedentário, podem ter  um aumento de 7,2 anos a expectativa de vida.

Apesar de outras pesquisas já terem comprovado os benefícios da prática de atividade física, nenhum estudo anterior estabeleceu um número exato de quantos anos cada exercício pode acrescentar à vida de uma pessoa. Mas, essa prática deve ser levada em consideração com exercícios não obrigatórios e sem data ou horário para acontecer.

De acordo com I-Min Lee, epidemiologista do Hospital Brighan and Women da Universidade de Harvard e coordenadora do estudo, o nível mínimo de atividade física que é necessário para aumentar a longevidade é o acréscimo de 75 minutos de caminhada rápida (ou outra atividade moderada) por semana. Essa atividade, em comparação com o sedentarismo, acrescenta 1,8 ano na expectativa de vida de uma pessoa acima dos 40 anos de idade, segundo a pesquisa.

Os resultados ainda mostram que esse mesmo exercício, se realizado 150 minutos por semana, que são os níveis recomendados pelas autoridades de saúde, podem aumentar em 3,4 anos a longevidade de uma pessoa. Se praticado durante 450 minutos semanais, esse aumento chega a 4,5 anos.

No entanto, ao comparar indivíduos com obesidade severa (índice de massa corporal maior do que 35) que eram sedentários a pessoas de peso normal que cumpriam 150 minutos de caminhada rápida por semana, o aumento da expectativa de vida foi de 7,2 anos. Dessa forma, a obesidade foi relacionada a um menor aumento da expectativa de vida, mas não significa que os exercícios físicos não aumentem a longevidade de pessoas acima do peso.

Fonte: Ativo

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida