Blog Seupersonaltrainer.com.br Site Seupersonaltrainer.com.br

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Para perder peso, treine a cabeça


Por Joy Niemack, tradução Renata Souza, revisão Anderson Brandão

“É fácil para de fumar”, Mark Twain supostamente falou. “Eu já fiz isso milhares de vezes”.

Algo parecido pode ser dito sobre perder peso: é relativamente fácil perder uns quilos, mas manter o peso é muito mais complicado. Isso explica porque muitas pessoas caem no clássico padrão do efeito sanfona.

Assista também: http://blog.seupersonaltrainer.com.br/2012/05/jornalista-norte-americano-ensina.html

Um novo estudo dos pesquisadores da Universidade de Stanford pode mostrar um caminho para quebrar esse ciclo. Perder peso pode se mais duradouro, sugere o estudo, se as pessoas adotarem hábitos saudáveis (comer consciente e breves caminhadas) antes de tentarem efetivamente perder peso.

O estudo, publicado no Journal of Consulting and Clinical Psychology, incluiu 267 mulheres obesas, que foram aleatoriamente separadas em 2 grupos: metade das mulheres começaram um regime imediato para perder peso e a outra metade eventualmente seguiria o mesmo programa, mas primeiro, foram colocadas em um programa de 8 semanas em que aprenderam a aperfeiçoar o estilo de vida e a manter o peso.

Os dois grupos de mulheres perderam a mesma quantidade de peso – média de 8 kg. Mas durante o ano seguinte, as mulheres que participaram do programa de oito semanas ganharam uma média de 1 kg, comparada com 8 kg do outro grupo.


A parte da dieta do estudo durou 20 semanas e consistia de todas as características de um programa convencional para perda de peso. As mulheres se encontravam semanalmente com um treinador, mantinham diários alimentares, faziam mais exercícios e seguiram uma dieta saudável focada em frutas e legumes.

O programa de oito semanas era incomum por comparação. As mulheres não foram instruídas apenas para ‘perder peso’, mas também a não ganhar de volta. Isso foi projetado para ensinar as mulheres como reconhecer e controlar as flutuações normais de 1 a 2.5 kg que acontecem entre as pessoas de peso saudável.


Além disso, as mulheres aprenderam a controlar o tamanho das porções, a temperar as refeições e a identificar substitutos saudáveis para suas comidas calóricas favoritas. Para acostumar as mulheres aos altos e baixos que acontecem com a dieta, os pesquisadores as encorajaram a periodicamente comer um alimento menos saudável (como chocolate) e deram a elas um passe de cinco dias – para simular férias – em que poderiam comer alimentos calóricos e ricos em gorduras.

“Nós propositadamente fizemos o estudo antes delas perderem peso”, Kiernan disse. “Elas podem ver e experimentar como é, e isso dá uma sensação de domínio, sem a pressão de ter que manter a perda de peso ao mesmo tempo”.

Focar na habilidade de manter o peso antes de preocupar com a perda de peso parece ter criado um momento de aprendizado para as participantes do estudo.

Frequentemente, as pessoas que conseguem perder peso “ficam muito animadas com isso, saem para aproveitar e ganham o peso de volta”, afirma Stockman, que não estava envolvido no estudo. “Essas oitos semanas é um tipo de abordagem comportamental cognitiva, onde elas tentam e experimentam as coisas. E esse é o único caminho para as pessoas mudarem suas crenças”.

“É necessário esforço para manter o peso perdido”, Battistelli diz. “Você não pode voltar a fazer o que estava fazendo antes. Você pode permitir algo aqui e ali, desde que você se mantenha compromissado”.


Apesar disso as novas descobertas são promissoras, Kiernan e seus co-autores, afirmam que o programa precisa ser testado em diferentes populações. A maioria das participantes era brancas, universitárias, tornando difícil extrapolar as descobertas a outras mulheres ou aos homens.

Fonte: Womens Health

Nenhum comentário:

Facebook SeuPersonal Twitter SeuPersonal RSS SeuPersonal Mundo Corrida